Li até a página 100 # Simples Perfeição

Boa tarde queridooos
Estou lendo mais um livro da nossa parceiro ARQUEIRO. 
E eu acabo de passar da página 100 e vim aqui postar pra vocês!




PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
Custaria um dinheiro que ela não tinha. O marido, no entanto, concordou.
DO QUE SE TRATA O LIVRO?
É o segundo livro da série Perfeição. Continua contando a história de amor entre Della e Woods.
O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Eu adoro os livros da Abbi e to gostando desse também, apesar de não ser muito fã das expressões usadas.A série é super envolvente e com personagens muito sedutores!
O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Della e Woods são bacanas! Ela tem seus traumas e ele é super protetor, isso me incomoda um pouco, mas ele é tão charmoso que eu esqueço seus pequenos defeitos!
MELHOR QUOTE ATÉ AGORA:
Eu to terrivéllll pra encontrar quotes! Tenho que ficar mais atenta nisso! Sem quotes dessa vez! Desculpem!

VAI CONTINUAR LENDO?
Com certeza! Já estou quase acabando até!
ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:
- Tudo bem, mas, por favor, me mantenha atualizado.
É isso galera!
Até mais!
OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Sobre o livro: Bela Distração


Boa noooite!

Como vão vocês? Eu vou bem e adorando minhas leituras do ano, até agora nenhuma me decepcionou :)

Então vamos a resenha?




"Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga. 
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora. 
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez. 
Em Bela distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby."



Se você já leu Belo Desastre, sabe que os irmãos Maddox são irresistíveis!


Camille (Cami) é uma personagem que ama sua liberdade  e de personalidade forte. Treton (Trent) é o tipo cara pegador que todas querem tirar uma lasquinha.

Tudo ia muito bem na vida de ambos, até que T.J., o namorado misterioso de Cami, cancela com ela um encontro de fim de semana.

De saco cheio de nunca poder encontrar com seu namorado, já que o cara só pensa no trabalho e em ganhar uma promoção que ele tanto almeja, ela aceita sair com sua amiga pra curtir a noite. E é ai que Treton se aproxima! 

Trent é o tipico cara insistente e persistente, e com um pouco de persuasão ele consegue fazer com que Cami saia com ele. 

Então dai se forma uma amizade (pelo menos da parte dele). Trento se torna uma presença constante na vida de Cami, preenchendo as lacunas que seu namorado T. J. deixa abertas.
E como diz aquele ditado: Quem não dá assistência, abre concorrência...

Com a aproximação deles, surge não só uma amizade, como sentimentos. Cami percebe que sente algo por Trent e tenta finalizar seu namoro com T.J.

O problema é que a nossa protagonista esconde um segredo que pode destruir seu futuro relacionamento com Trento.

Gente, é fofo ver o Trent apaixonado, e a cada gesto percebemos o quanto Camille é importante para ele. Também podemos conhecer um Trento fofo, carinhoso, que ama crianças... ai ai (longos suspiros)

E apesar de ser um New Adult a autora não apelou para cenas excessivas de sexo intenso, ela soube dosar tudo com perfeição.

Gostei bastante do livro. 

E gente, que final foi aquele? SURPREENDENTE!! Ainda estou elétrica com o final. Divo!


Bem pessoas, é isso, minhas leituras do ano estão de arrasar. Só livrão até agora <3


"- Meu Deus, Cami, por favor. Eu não vou aguentar. Não posso ficar aqui pensando em você lá com ele. Por favor. - Ele deu uma risada nervosa. - Eu estou apaixonado por você. 
- Se você soubesse o que eu sei... não estaria apaixonado.
- Não quero saber. Eu só quero você.
- Somos apenas amigos, Trent. 
Os olhos de Trenton desabaram até o chão, e ele assentiu."




Beijins 

;*


Bruna

Meus Precisos # Recebidos

Boa tarde queridoooos!
Ontem estava eu saindo da casa da minha mãe (meus livros são entregues lá) e no meio do caminho passamos pelo carteiro, meu pai para e pergunta se tem algo pra ser entregue lá e ele diz que tinha um pacote, mas só iria entregar no dia seguinte (hoje) eu desesperada achando que poderia ser um dos meus livrinhos tão esperados, fiz meu pai ir no correio local e tcharammmmmmm! Eram eles mesmos!!!!

Foram dois livros em parceria com a editora arqueiro e um de troca no skoob!
Tão feliz com minhas novas aquisições!!!



Parceria Arqueiro


Troca no skoob


Todos

\o/
Até mais tarde!!!
Bjinhoos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.

Dia do trecho # BelleVille

Boa noite queridos
Hoje é domingo e domingo é dia de queeee?
Dia do trechooooo! \o/ O dia certo, né...rs

E o de hoje é do livro BelleVille



"Mesmo com um coração de pedra, todo ser humano é capaz de sonhar.Se você tem sonhos, não zombe dos meus"

Eu ainda não li, mas já vi bastante comentário positivo sobre esse livro.
Espero conseguir em breve.
Bjinhooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.

Meus Desejos # Essa garota

Boa tarde amoressss!!!!
Como todo bom leitor, minha lista de livros novos e desejados tende a aumentar a cada mês, em cada lançamento das editoras. 
Há algum tempo que eu não mostro pra vocês um dos meus livros desejados e como meu aniversário já ta chegando, vai que alguém se comove e não resolve me presentear, ne?! kkkkk (jogando uma letra, vai que rola, né...rs)

Como eu to numa vibe meio Collen, já indo para o terceiro livro dela nesse mês, lógico que um dos meus desejos é esse ultimo livro de uma série que eu AMEI e ainda não li :(!
Essa garota!


O último volume da série Slammed continua e revisita a história de Will e Layken, cujo amor venceu os mais árduos obstáculos: proibições, impedimentos, ciúme, tragédia. Mas, depois de tudo isso, os dois, agora casados, começam a se sentir seguros do incrível sentimento que os une. Quando em sua lua de mel, Lake quer saber tudo sobre o marido, Will, reticente, desembaraça os nós da própria história. Revisitamos os bons e maus momentos. E aprendemos alguns fatos chocantes... O futuro de Will e Lake agora depende de como os dois lidarão com essas revelações...
Bjinhooos 

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.

Sobre o livro: A garota do Penhasco

Boa noite amores!
Como vocês tem passado esses dias?
Estou aqui hoje pra postar sobre mais uma resenha.

E o livro de hoje foi um dos livros de Lucinda Riley que eu li esse ano, em breve postarei sobre o outro que também li.

A GAROTA DO PENHASCO








Apesar de adorar os livros da Lucinda, sou grande fã da autora, esse foi um livro dela que não chamou muito minha atenção. Sempre quero ter os livros de Lucinda, mas não fiquei desesperada pra ler, tanto que ganhei esse livro em outubro e deixei ele guardadinho, mas como queria começar o ano com um bom livro e uma pegada mais madura, decidi apostar na autora que eu sei que iria me agradar e é claro que estava certa. A Lucinda tem uma maneira única de escrever, ela é uma das poucas que conheço que consegue misturar passado e presente, ficção com realidade de uma forma fascinante. Eu não sei como ela consegue ter tanta criatividade e ainda sim não perder o foco e nem o rumo da história... Mesmo com tantos personagens envolvidos, as suas histórias são sempre certinhas e com nenhum ponto sem sentido ou aberto, Tudo se encaixa perfeitamente, mesmo que a gente demore pra perceber. Amo a forma como ela liga uma coisa a outra e muitas vezes nos surpreende no final.
Vocês já notaram pela minha introdução a essa resenha que eu gosto muitooooo dos livros de Lucinda, né.. kkkkkkkk só elogios.

Bom, como disse anteriormente, esse não despertava meu interesse desesperador, mas claro que li e achei muitoooo bom! Personagens envolventes e extremamente cativantes, um enredo que nos faz analisar nossas escolhas e sempre o meu tão esperado romance. 
Como todos os livros que já li de Lucinda, que foram no total de quatro, quase todos.. só falta As sete irmãs que lerei mês que vem... enfim, esse também conta a história de duas famílias ligadas pelo passado. 

Após Grania perder seu bebê, ela decide voltar para sua cidade natal, Irlanda, abandonando seu noivo  em Nova York as pressas, sem dar nenhuma explicação. Uma noite, a jovem vê uma garotinha próxima ao penhasco, ao tentar chamar sua atenção, ela nota que a menina, Aurora, estava dormindo. No dia seguinte, muito perturbada com o ocorrido, Grania conversa com sua mãe e esta fica atormentada com a aproximação entre Grania e Aurora. Depois deste dia Grania sente que precisa proteger a menina e acaba se tornando muito próxima da criança que perdeu a mãe anos atras naquele mesmo penhasco. O carinho que ambas começam a sentir uma pela outra cresce a cada dia, com uma preenchendo o espaço vazio no coração da outra, Grania que perdeu um filho e Aurora que perdeu a mãe. Porém a Mãe de Grania não consegue esconder sua preocupação e acredita que a história que aconteceu há três gerações atras, se repete com sua filha, e aquela, não teve um final feliz. E então, ela decide contar para a jovem o porque de sua negação com a família de Aurora, com isso conhecemos o passado dessas duas famílias que sofreram tanto, Ryan e Lisle, e que acabam sempre ligadas de alguma maneira. 

Sem duvidas que é um livro super envolvente!
Eu gosto muito de histórias reais, como as guerras que a autora tanto aproveita. Sinto como se a ficção fosse mais realidade, da forma como ela descreve os acontecimentos, é possível que alguns dos casos possa ter acontecido com os que viveram naquela época. Me ganha quando o livro parece real ao ponto de me comover.

Os personagens são marcantes.. Grania é uma mulher muito madura e centrada. Eu tinha minhas dívidas sobre Aurora, porque achava muito manipuladora, mas era porque ela era uma criança rica e um pouco mimada que queria tudo que pudesse. 
A família de Grania é um ponto muito positivo do livro, a forma como eles são unidos e mesmo não concordando com as atitudes de todos é bem legal. 
Na segunda parte do livro, os outros personagens são tão marcantes quanto os primeiros. Os principais são Mary, uma mulher batalhadora que faz de tudo por aqueles que ama e Anna, a bebê que seu chefe põe aos seus cuidados e tem como filha. A ligação entre essas duas personagens é tão profunda e tocante que quando Anna cresce e se torna a bailarina famosa e uma adulta completamente diferente do que era quando criança, dá até depressão. (SPOLERS..DETECT) Eu fiquei COMPLETAMENTE arrasada com o que ela se tornou..  Anna foi minha maior decepção!Muitas de suas atitudes me fizeram chorar, porque Mary não merecia a forma como foi tratada depois de tudo que fez por Anna. INGRATA! =@

Isso tudo que eu falei não mostra nem 1/3 do que o livro é e o quanto ele é incrível! 
Chorei em várias partes, mas isso não é novidade nenhumaaaaaaa.. né...rs
Então queridos, como todos os outros livros de Lucinda, esse eu também indico muitooooo!
Vale total a pena!
Assim como A CASA DAS ORQUÍDEAS e A LUZ ATRAVÉS DA JANELA.
Espero que leiam e me contem depois! =D

Bjinhooooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.

Sobre o livro: Maybe Someday


Boa tarde!

Hey, hoje estou super empolgada por que venho falar de um livro muuuito lindo! E advinha quem é a autora dessa obra prima? Acertou quem disse Colleen Hoover! Sim, está mulher está subindo no meu conceito haha. 




Aos vinte e dois anos, a musicista aspirante Sydney Blake tem uma vida boa: ela está na faculdade, trabalhando em um emprego estável, apaixonada por seu namorado maravilhoso, Hunter, e dividindo o quarto com sua grande amiga Tori. Mas tudo muda quando ela descobre Hunter traindo-a com Tori – e ela fica tentando decidir o que fazer a seguir.
Sydney torna-se fascinada por seu vizinho misterioso, Ridge Lawson. Ela não consegue tirar os olhos dele ou deixar de ouvi-lo diariamente tocando guitarra na varanda. Ela pode sentir a harmonia e vibrações na música dele. E há algo sobre Sydney que Ridge tampouco pode ignorar: ele parece ter finalmente encontrado sua musa. Quando o inevitável encontro acontece, eles logo se vêem necessitanto um do outro, em mais de um sentido…


Gente, esse livro simplesmente superou todas as minhas expectativas. Sim, a Colleen está me prendendo com seus new adults surpreendentes!

Acho que quem acompanha minhas resenhas sabe que sou louca pelos livros da Abbi Glines, e estou aqui agora confessando que a Colleen está competindo seriamente com a Abbi no quesito Melhor Criadora de Histórias de Tirar o Fôlego para mim. Segundo livro de 2015 que leio e já estou apaixonada por sua escrita. (P.S. Os dois livros que li até agora são dela haha).

Então vamos a resenha ;)

Sydney é uma garota que tem a vida que deseja: namorado perfeito, divide o apartamento com a melhor amiga, faculdade que deseja e um emprego. Porém ela se vê fascinada pelo seu vizinho que toda a noite toca violão em sua varanda.

Tudo ia bem até que Sydney vê seu mundo revirar e passa a ter que morar com o seu fascinante vizinho Ridge.

Ridge é o cara! Sério gente, foi simplesmente amor a primeira lida, suas atitudes fazem dele um homem e tanto. Sim, um Homem com H maiúsculo. Pois ele se vê em varias situações conflitantes junto a Sydney e mesmo quando todo o seu corpo grita “vá em frente” ele consegue se manter firme e fiel a sua namorada Maggie. É, ele tem uma namorada...

Os dois passam muito tempo juntos, e podemos ver a atração entre eles crescendo e se desenvolvendo, mesmo ambos tentando lutar contra.

Apesar de parecer errado o que eles sentem, já que existe Maggie na historia, eu me vi torcendo por Sydney e Ridge pelo simples fato de poder sentir a pureza dos sentimentos deles. Nenhum dos dois procurou pelo que sentem e ambos lutam firmemente contra.

A historia é cativante, os personagens são cativantes. Simplesmente me vi perdida a cada frase lida.

E um fato marcante: Eu amei a Sydney! Sim, acho que foi a primeira personagem que me agradou. 

Não me vi em nenhum momento com raiva ou decepcionada com ela, muito pelo contrario, as vezes eu sentia até orgulho. Ela e Ridge são personagens verdadeiros, honestos, super maduros e de personalidades marcantes.

Se indico o livro? Com total certeza do universo!

É isso, espero que leiam e se apaixonem como eu  <3



Bruna

;*


OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.


Dia (seguinte) do trecho # Ugly Love

Boa noite ou quase boa madrugada, meu povo!
Por muito pouco não da tempo, mas deu.... pra vocês verem como eu to com pouquíssimo tempo livre, consegui vir aqui postar agora as 23:45.. rs

Vou trazer o trecho de ontem, mas foi do livro que terminei hoje e que a Bruna já postou semana passada sobre ele!
Eu e a Bruna (mais ela do que eu... kkkkk) ficamos o dia todo mandando print de trechos  de uma pra a outra, tentando achar algum que nós duas gostássemos... esse é um dos escolhidos...  não morremos de amores por ele, mas ta valendo... =p

Até mais, meus queridos e ótima noite!!!!
Vou mais de Collen agora antes de dormir
Bjinhooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Por ai # Biblioteca Vasconcelos


Boa tarde queridos!!!!
Estava eu olhando as bibliotecas por ai e achei essa que é muitooo diferente e decidi compartilhar com vocês!

BIBLIOTECA VASCONCELOS


É conhecida como 'megabiblioteca', pois tem mais de 580 mil itens. O design moderno permite que as estantes sejam ampliadas sempre que for necessário. Situa-se na Cidade do México.


Biblioteca Vasconcelos da Cidade do México é uma instituição bibliográfica localizada ao norte da capital mexicana, contigua à antiga estação de trem de Buenavista.





OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Bem diferente né?
Gostei!
Bjinhoooos

Sobre o livro: Morra por mim.

Bom dia pessoinhas!!!
Como estão passando esse fim de semana??
Ta tudo bem corrido por aqui, mas vamos que vamos..
To atrasada com algumas resenhas, pretendo colocar tudo em dia ainda esse mês...

Hoje a resenha é do primeiro livro que li esse ano, Morra por mim.



Depois que seus pais morrem em um acidente de carro, Kate e sua irmã, Georgia, vão morar com os avós em Paris. Enquanto Georgia encontra na balada a cura para sua tristeza, Kate é mais introspectiva e se recusa a sair e se divertir, até resolver ir para um café com seus livros para tomar um pouco de sol. Ela conhece Vincent, um belo e misterioso garoto parisiense. Ao se relacionar com o menino e descobrir sua história, Kate tem que escolher entre deixar sua paixão de lado e seguir a vida em segurança, e assumir seus sentimentos e toda a complicação que seria namorar alguém imortal e com inimigos, e mudar para sempre sua vida.
"Eu sabia que existia algo diferente em Vincent. Eu tinha sentido isso, mesmo antes de ver sua foto no obituário. Era algo distante de mim, e muito obscuro para eu conseguir entender. Então eu ignorei. Mas agora vou descobrir quem ele é."


Então, quando esse livro foi lançado eu fiquei querendo muitooooo! Lembro de ter visto na Bienal aqui no Rio em destaque no stand da editora. 
Muitas pessoas comentavam sobre ele de forma bastante positiva e a capa é lindíssima, né!
Já comentei aqui algumas vezes que não leio resenhas de livros que ainda não li, normalmente eu cato as opiniões no skoob, mas gosto de total surpresa, tenho problemas com spolers, então eu não sabia o que esperar desse, juro pra vocês que eu não tinha idéia do que se tratava o livro..hehee
Até que ganhei ele de AS (Amigo secreto) e fiquei tão, tão, tão feliz! e comecei a ler logo, confesso que conforme a história foi desenvolvendo eu me surpreendi com algumas coisas que aconteceram, não esperava muita das coisas que li e achei isso muito bom! Adoro ser surpreendida.

Mas tenho que admitir que apesar de todo enredo interessante e diferente, eu fiquei bem confusa em algumas partes, algumas explicações não foram 100% satisfatórias pra mim e eu não conseguia entender direito. achei um tanto viajante, até agora tem uns 2 pontos que eu não entendi direito como funcionava lá no grupo de Vincent (SE VOCE JÁ LEU O LIVRO, PLEASE, ME AVISA PRA EU TIRAR ALGUMAS DÚVIDAS) e isso me incomodou só um cadinho. Também teve a questão do romance, ele não conseguiu me convencer e com todo meu amor pelo romance, todos sabem que a coisa mais fácil do mundo é um casal me convencer! rs 

O problema é que achei a Kate chatinha e infantil. Por qualquer coisa ela terminava o que quer que fosse que eles tinham, toda hora fazia um escândalo e saia correndo... coisa chata e nada maduro. Depois do nada ficava lá sofrendo e morrendo de amores... 
Do Vincent eu gostei, eu tenho muito mais facilidade em gostar dos mocinhos lindos, vai saber porque, né... hehehe lálálálá... Eu as vezes faço algumas referencias que ninguém concorda, e acho que essa que vou falar agora entra nessa questão.. não sei porque, mas achei o Vincent parecido com Edward de crepusculo... hehehe não me pergunte o porque... só achei.... <3
Os personagens secundários não foram tão marcantes pra mim. Georgia era legalzinha algumas horas e outra não.. acho que era coisa de irmã, porque ambas tinham esse jeitinho de dar "piti" a toa... ela sem dúvidas era mais divertida do que Kate. Os amigos de Vincent também eram bacanas.
Eu só esperava mais do vilão.. 

Aaaaaaaaah um ponto que eu achei bizarrooooo foi eles conseguirem "possuir" outras pessoas... Achei isso bem esquisito pra um bando de mocinhos.. normalmente são os vilões que fazem isso... masssssssss....

Eu sei que falei muita coisa negativa do livro aqui, mas sinceramente eu achei muito interessante!
A história é muito diferente, o que sem duvida é um ponto positivo! O cenário é perfeito, afinal, eu AMO Paris (meu sonho é ir lá e eu vou em julho! \o/\o/\o/\o/ ) e toda descrição da cidade é muito real e bem feita. 
Pretendo ler os próximos e espero que as minhas perguntas sejam todas respondidas!

Bjinhooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Sobre o livro: Louca Por Você


Hey galera!

Hoje vim falar do livro Louca Por Você, da autora A.C. Meyer, vamos lá?



"Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos...
Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.
Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha.
Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?"


Primeiramente devo dizer que que essa sinopse está errada! Sim, você leu certo. Me encantei pelo livro por conta dessa sinopse e qual não foi minha surpresa ao ler o livro e constatar que na verdade o sexy Alan não investe em nada na nossa mocinha, ele simplesmente cumpre um papel que assumiu...


Pois bem, deixa eu dizer aqui o que achei da historia: Interessante, com bons personagens, uma boa escrita, mas infelizmente uma historia americanizada :(


Deixa eu explicar por que da minha decepção: A autora é Brasileira! Sim, Brasileira e decidiu que escreveria um livro "americanizado". Isso me desagradou pois estava esperando uma historia que se passasse no Brasil...


Mas enfim. Daniel e Julie foram personagens que me cativaram, e amo um romance que começa por uma "inocente" amizade hehe.


Julie lutou por seu sonho e nos provou que uma mulher com auto estima elevada consegue o que quiser, e veja só, ela conseguiu a carreira que tanto desejava e o homem dos sonhos.


Devo dizer que os personagens secundários também foram ótimos para a composição da historia, principalmente o George, amigo gay e fiel de nossa protagonista.


A leitura rola fácil e rapidamente você se vê fisgada pelo livro. Achei que o final seria previsível, porem me enganei. O final foi uma surpresa muito agradável!

  
Então é isso, apesar de minhas observações no inicio da resenha eu indico sim o livro, e deixo aqui um apelo para as autoras nacionais: "Escrevam livros que se passem no NOSSO pais!" (afinal, acho que é isso que nós leitores esperamos quando compramos uma literatura nacional...).


Espero que tenham gostado,

Beijo a todos ;*



Bruna


OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 


Lido em Dezembro # Se eu ficar

Oi amoreeeeeeeeees
Eu sumi domingo e ontem porque ontem foi aniversário do meu filhoo... ele fez 10 anos, ai fizemos uma festinha surpresa no domingo e saimos ontem, então eu fiquei toda enroladaaa.. SORRY!

Como eu dezembro eu fiquei meio sumida, vim postar sobre um livro que li no mês passado. Eu tava doida pra assistir o filme!


Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Estou eu aqui para fazer um breve (breve mesmo) comentário a respeito desse livro que li em Dezembro e foi o meu último do ano!

Não sei porque tanta gente fala mal desse livro, porque eu não achei nada demais.. tão chato, quanto vejo as pessoas falando.. eu já li o segundo, e eu gostei igualmente dos dois. 
O livro me prendeu muito, apesar de já saber o que provavelmente aconteceria, já que tinha o segundo livro, eu fiquei bem curiosa a respeito do que ia acontecer. 
Gostei dos personagens, apesar de Mia ficar divagar um pouco. Os pais dela são super legais, Adam é um fofo, e o casal achei muito real.
É um bom livro... Não chorei, mas valeu a pena... comecei o segundo imediatamente após terminar esse.

=D
Até mais, amigos!!!
Bjinhos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

As capas # A rosa da meia noite

Boa tarde queridoooooooooos!
Como estou nessa vibe Lucinda Riley, andei caçando as capas e foi bem fácil achar!
Normalmente esse post é um dos mais difíceis.. Facilitou o fato de na página dela já tem os países em que seus livros foram lançados  e os seus respectivos nomes.

Vamos a eles!

CAPA BRASILEIRA


Gosto da capa nacional, só acho que até onde eu to lendo, perto da página 200, a capa não tem muito a ver. De repente, mas pra frente faça mais sentido pra mim.

CAPA ALEMÃ


Acho essa capa bonita e série.. Até um pouco chique! Adoro roxo e as letras dessa cor e as flores me ganharam.

CAPA AMERICANA


Acho que combina com a história, bonita e parece pintura!

CAPA ESPANHOLA 


Não gostei dessa ai não.. parece desenho e não diz nada sobre a história. Achei super sem graça.

CAPA FRANCESA


Capa igual a Brasileira

CAPA ITALIANA


Acho essa capa bonita, gosto desse estilo pintura.. fica classica, mas não é das que eu mais gosto.

CAPA DO REINO UNIDO 



Igual a nossa, um pouco desbotada só... hehehe

CAPA SÉRBIA


Hummm.. acho que essa é a mais feinha... Sem graça!

Bjinhooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Li até a página 100 # A rosa da meia noite

Boa tarde queridoooos!
Hoje vim mostrar um pouco do livro que eu to lendo no momento!!



PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
- Um dia, Anni, você vai ouvir os espíritos cantando - Ela me dizia. 
DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Como todos os livros de Lucinda que li até agora, fala sobre passado e presente. Uma idosa indiana que deixam os manuscritos da sua vida para o seu neto mais velho a fim de que ele possa encontrar seu filho que foi dado com morto quando tinha 2 anos, mas que ela sempre soube estar vivo. 
O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Não preciso comentar que os livros da Lucinda sempre me ganham, né.. Ela é uma escritora incrível e sim, eu to gostando muito!
O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Até agora temos uns três personagens principais. Rebeca, uma atriz super famosa, Ari, neto de Anahita e a própria Anahita ou Anni, a senhora indiana que conta a história da sua vida.
MELHOR QUOTE ATÉ AGORA:
Ain gente, nem lembro, porque fiquei tão concentrada no livro que esqueci de observar os quotes. Mas tenho certeza que já passei por vários bons!
VAI CONTINUAR LENDO?
Com toda certeza! Estou no mês dos livros da Lucinda. Já terminei um, to nesse agora e depois vou pro último!
ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:
Desejavam aprender o idioma para conversar com seus semelhantes britânicos.
É isso, povo!!!
Até amanhã!
Bjinhos
OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Sobre o livro: Ugly Love

Boa noite!

Que saudades daqui *o*

Como foi a virada de vocês? Pois a minha foi ótima! hehe Mas vamos deixar de papo furado e ir direto ao que interessa:

Ugly Love


"Quando Tate Collins conhece o piloto Miles Archer, ela sabe que não é amor à primeira vista. Eles nem iriam tão longe para dizer que eram amigos. A única coisa que Tate e Miles têm em comum, é essa inegável atração. Uma vez que seus desejos são descobertos, eles percebem que eles têm um arranjo perfeito. Esse arranjo pode ser surpreendentemente simples, contanto que Tate se atenha às duas únicas regras de Miles."


Começando o ano novo com o pé direito!!

Minha primeira leitura do ano foi o livro Ugly Love da autora Colleen Hoover, e o que dizer desse livro maravilhoso? Eu simplesmente amei e não quis largar o livro um minuto se quer. Faz muito tempo que um livro não me prende tanto, aponto de dormir lendo e acordar louca para saber o final! Li em dois dias e não me arrependo nem mesmo de deixar os pratos na pia me esperando.

Então vamos à resenha.

Tate Collins é uma jovem de 23 anos que se muda para a casa do irmão a fim de terminar os estudos. Miles é o cara gato e misterioso que além de amigo, mora em frente a casa de Corbin (irmão de Tate).

O primeiro encontro deles foi nada menos que estranho, já que nosso mocinho estava largado no corredor do prédio bêbedo! Isso mesmo, você não leu errado.

Os capítulos dos livros são intercalados entre os protagonistas, sendo os de Tate em tempos atuais e os de Miles no passado, o que nos faz entender o porquê dele ser um cara amargurado e fechado pra vida e o amor, e também o motivo de você não querer largar o livro de maneira alguma para poder desvendar o mistério que é esse homem.

Tate e Miles passam a ter uma espécie de amizade colorida, porém ele estabelece duas “regrinhas” básicas: Tate nunca deverá perguntar pelo passado e muito menos esperar um futuro com ele (curto e objetivo não?).

Sério gente, não tem como não se envolver com a historia e se apaixonar por cada personagem. Me peguei chorando e sorrindo ao mesmo tempo. Senti as dores de Tate e quase morri com as de Miles (bichin sofreu tanto).

Acho que não tenho mais o que falar do livro, vocês simplesmente tem que ler e entender o sentimento que ele passa. Sei que é cedo para isso, mas já poderia eleger a leitura como a melhor de 2015! Não poderia ter escolhido outro livro para iniciar as leituras do ano.

Colleen simplesmente subiu muuuuito no meu conceito, eu me apaixonei por Métrica e me perdi por Ugly Love.
Leiam e se percam também ;)


E o que achariam se o livro se tornasse um filme e tivesse como o nosso Miles Archer o divo Nick Bateman?


Isso mesmo! Muito provavelmente ele interpretará nosso queridinho nas telonas! #Oremos



Fico por aqui sonhando acordada...

Beijinhos,


Bruna

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO. 

Sobre o livro: Manhã de Núpcias

Boa tarde meus queridoooooooooooos
ontem eu ia dar uma passadinha aqui, mas fiquei na rua e não rolou, mas hoje estou aqui firme e forte! \o/
Bom, tenho várias resenhas pendentes, afinal, já começo meu 4 livro desse ano, além dos que não comentei que li em dezembro, nesses eu vou apenas cita-los, porém um livro eu não posso deixar de resenhar e hoje vim falar sobre ele.

Vamos ao meu livro favorito da série de época The Hathaway, Manhã de Núpcias



Eu solicitei esse livro da parceria arqueiro e ele chegou em dezembro junto com o Felizes para sempre, que eu já postei aqui na página.. Li super rápido, mas naquele momento eu andava meio desanimada e acabei não resenhando, vou tentar dar o melhor de mim dentro que eu lembro (E quem me acompanha, sabe que eu tenho uma memória bastante curta.. rs)

Mesmo com minha memória mais ou menos, eu lembro bem que esse livro é o meu favorito dentre os 4. 
Léo é o irmão mais velho da família Hathaway e um dos que mais sofreu durante durante sua vida, perdeu um grande amor para a doença escarlatina, quase morreu e ficou responsável por cuidar de suas irmãs mais novas depois da morte de seus pais. Carrega o titulo de Lord Ramsay, este onde todos acreditam haver uma maldição de morte. Léo é considerado um homem lindo e com isso conseguiu conquistar fácil sua fama de libertino, sempre cercado de mulheres e com todos os seus vícios que ele não fazia questão de esconder. 
Catherine Marks que é a segunda protagonista dessa história, é uma mulher reservada, que possui segredos e que não aceita o jeito que Léo leva a vida. Ela é tutora das suas irmãs mais novas e com isso é considerada como parte da família. 

Catherine e Léo tem uma relação de amor e ódio, desde que se conheceram que não fazem parar de brigar quando se encontram. Uum provoca o outro numa espécie de competição e com isso a faísca que existe entre eles começa a aumentar e toda essa briga acaba se tornando um sentimento que ambos não faziam idéia que podia surgir. 

Então, Eu me pergunto como o Léo que no primeiro livro foi um personagem que simplesmente ODIEI, veio se tornar o que eu mais gostei até agora depois de 3 livros? 
Eu me lembro bem que eu pensava durante a leitura de Desejo à meia noite que o Léo era um completo idiota e que ele podia morrer (kkkkkkkkk desculpem, mas eu realmente pensei isso.. kkkkk) e claro, ele não morreu como eu queria e se tornou um dos mais engraçados e sarcásticos que já vi até hoje. Ele foi a melhor surpresa da série pra mim e o seu livro é exatamente do jeito que eu gostaria que fosse, com bastante Léo! =D
Desde que ele conhece Catherine, que acho que foi no segundo livro, que eles tem esses diálogos que eu simplesmente amo acompanhar. Com piadinhas engraçadas e tiradas inteligentes, era impossível não se envolver e se divertir lendo o livro. 
A leitura é fluida e ao acompanhar os segredos de Catherine sendo revelados e como ela lida com eles e o sentimento que começa a aflorar por Léo, percebemos que ela é uma ótima companheira pra o nosso Lord favorito. Eles são o tipico casal que se completam. 

Todos sabem meu amor por romance e como os de época me conquistou! 
Super indico essa série e que leiam os 3 anteriores rápido e chegar logo nesse que é muitooo bom!

Bom, desculpem se a resenha ficou meio que faltando coisas, mas é que eu escrevi as coisas que realmente me marcaram no livro e personagens!

Bjinhooos

OBS: ESSE POST ESTÁ VALENDO PARA O TOP COMENTÁRISTA DE JANEIRO.